Eurogrupo vai decidir sobre Grécia em 12 de novembro e impõe condições

Decisão sobre liberação da próxima parcela da ajuda ao país só será tomada se os gregos cumprirem uma série de promessas antes dessa data

Álvaro Campos, da Agência Estado,

31 Outubro 2012 | 14h01

BRUXELAS - O grupo de ministros das Finanças da zona do euro (Eurogrupo) vai continuar as discussões sobre o programa de resgate para a Grécia em uma reunião em 12 de novembro, em Bruxelas, segundo comunicado divulgado nesta quarta-feira. Mas a decisão sobre a liberação da próxima parcela da ajuda internacional ao país só será tomada se os gregos cumprirem uma série de promessas antes dessa data.

O comunicado oficial, divulgado após uma teleconferência do Eurogrupo, é menos claro e decisivo sobre a liberação da tranche de 31,5 bilhões de euros do que um esboço visto anteriormente pela Dow Jones.

O esboço dizia que o Eurogrupo iria "buscar aprovar politicamente o próximo desembolso, em princípio", na reunião de 12 de novembro. Mas o comunicado final afirma que o "Eurogrupo espera discutir novamente o programa de ajuste para a Grécia na sua próxima reunião regular, em 12 de novembro, com base nas documentações relevantes, e buscar uma conclusão". Ou seja, não há o compromisso com um cronograma para a liberação da tranche.

Uma referência sobre uma possível reunião extraordinária em 8 de novembro também foi retirada da versão final do documento, que é assinado pelo presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker.

Contradizendo uma declaração feita ontem pelo primeiro-ministro da Grécia, Antonis Samaras, que disse que o país tinha chegado a um acordo com a troica sobre um novo pacote de austeridade de 13,5 bilhões de euros, o comunicado do Eurogrupo cobrou que as autoridades gregas "resolvam assuntos pendentes para finalizar rapidamente as negociações com as instituições da troica". As informações são da Dow Jones.

Mais conteúdo sobre:
EUROGRUPO grecia resgate

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.