Europa divulga lista de produtos para possível retaliação aos EUA

A União Européia (UE) divulgou hoje a lista preliminar de produtos a ser submetida à indústria européia e que poderá ser utilizada como ação retaliatória sobre mercadorias exportadas pelos Estados Unidos ao mercado europeu. A lista inclui desde chicletes, passa por livros, revistas, brinquedos, produtos agrícolas, e ameaça até a importação de parte de reatores nucleares.O Executivo Europeu explicou que a lista contém mais produtos do que o número de itens autorizados pela Organização Mundial do Comércio (OMC) para dar margem de exclusões aos Estados membros durante o processo de análise. A UE recebeu da OMC, no último 30 de agosto, a autorização para instituir medidas retaliatórias sob a forma de uma compensação de direitos aplicáveis às importações de algumas mercadorias dos Estados Unidos. Esses direitos podem atingir até 100% do valor, respeitando o montante de até US$ 4,043 milhões por ano. A indústria européia tem 60 dias para avaliar a lista. Somente depois, a Comissão prevê consultar os 15 países do bloco antes de notificar a lista definitiva à OMC.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.