Europa enfrenta ameaça de colapso com crise da dívida, afirma Geithner

Para autoridade dos EUA, é preciso agir para impulsionar poder de fogo do fundo de resgate europeu

Álvaro Campos, da Agência Estado,

22 de setembro de 2011 | 11h46

A união econômica europeia está enfrentando uma ameaça de colapso com a crise da dívida soberana e as autoridades do bloco precisam agir rapidamente para impulsionar o poder de fogo do seu fundo de resgate, afirmou nesta quinta-feira, 22, o secretário de Tesouro dos EUA, Timothy Geithner.

Os comentários de Geithner são feitos no momento em que ministros de Finanças e diretores de bancos centrais de todo o mundo se reúnem em Washington, para as reuniões anuais do Fundo Monetário Internacional (FMI) e do Banco Mundial, além do encontro do G-20. As autoridades presentes nessas conferências devem se focar em encorajar os líderes europeus a agir rápida e decisivamente para conter a crise da dívida. As informações são da Dow Jones. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.