Europa limita atuação de especulador

União Europeia aperta cerco sobre os fundos mais arriscados do mercado (hedge) e Alemanha proíbe venda a descoberto de ações

BERLIM, O Estado de S.Paulo

19 de maio de 2010 | 00h00

A Europa anunciou ontem medidas para limitar investimentos especulativos. Reunidos em Bruxelas, os ministros de Finanças da União Europeia adotaram normas para a atuação dos fundos hedge (os mais arriscados do mercado) e de private equity (participação em empresas).

Na Alemanha, o governo anunciou que vai proibir a venda a descoberto de ações (operação conhecida como "naked short selling") de 10 das principais instituições financeiras do país e de credit default swaps (CDS) de bônus soberanos da zona do euro a partir de hoje. O CDS é uma espécie de seguro contra calote.

As regras acertadas pelos ministros receberam objeções do Reino Unido. Há preocupação de que as regras esvaziem a City londrina, centro financeiro do país, já abalada pela crise.

Apesar das contestações de representantes da indústria, o Man Group, um dos maiores fundos hedge do mundo, com sede em Londres, disse que já possui experiência em operar em ambientes altamente regulados ao redor do mundo.

As normas aprovadas ontem enquadram gestores até então considerados sem supervisão. Os fundos terão de divulgar mais informações sobre suas atividades e ficarão sob a guarda de um novo órgão regulador europeu. Também fica mais difícil investir em ativos fora da União Europeia. A expectativa é a de que as normas entrem em vigor em 2012. Agora, terão de ser discutidas no Parlamento europeu.

Pressão. Na Alemanha, o "naked short selling" ocorre quando um participante do mercado vende a descoberto um ativo financeiro sem antes ter tomado emprestado esse ativo ou sem ter garantias de que poderia realizar tal empréstimo. A decisão do governo ocorre em meio à crescente pressão por parte dos partidos da coalizão de centro-direita para que o setor financeiro ajude a cobrir os gastos com a crise.

A porta-voz do Ministério de Finanças do país, Jeanette Schwamberger, acrescentou que o governo vai preparar um projeto de lei sobre o assunto. Muitos governos da zona do euro disseram que esse tipo de transação com os CDS inflou artificialmente os custos de financiamento da Grécia.

Reação. A proposta alemã limita as opções dos investidores que querem manifestar uma visão negativa sobre a zona do euro, disse David Gilmore, sócio da Foreign Exchange Analytics.

Se os investidores não podem vender a descoberto - ou apostar contra - os bancos alemães, as dívidas soberanas da zona do euro ou contratar seguros para se proteger contra um calote, a proposta "vai simplesmente levar mais especuladores a expressar visão negativa sobre o câmbio", disse Gilmore.

Ontem, o euro voltou a cair fortemente ante o dólar. No início da noite, perdia 1,25%, cotado a US$ 1,2178. / AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

GLOSSÁRIO

Fundos hedge

Fundos de investimentos que se utilizam de técnicas hedging, ou seja, estratégias para compensar investimentos de alto risco

Naked Short Selling

Operação em que um participante do mercado vende a descoberto ativo financeiro sem antes ter tomado emprestado esse ativo

Private Equity

Atividade financeira realizada por instituições que investem essencialmente em empresas que ainda não são listadas em bolsa de valores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.