Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Europa opera em baixa após quedas nas bolsas da Ásia

Índices das bolsas de Londres, Paris e Frankfurt seguem tendência de recuo.

Da BBC Brasil, BBC

27 de junho de 2008 | 10h12

As bolsas da Europa estão operando em baixa nesta sexta-feira, acompanhando as fortes quedas registradas nos principais mercados asiáticos. Às 12h GMT (8h, horário de Brasília), o índice FTSE, da Bolsa de Londres registrava ligeira baixa de 0,25%, depois de abrir o pregão com recuo de 0,73%. No mesmo horário, o índice Cac 40, de Paris registrava perdas de 1,11%, enquanto o Dax, de Frankfurt, teve recuo de 1,03%. ÁsiaA tendência de baixa no mercado de ações europeu segue as fortes quedas registradas nas bolsas asiáticas depois que o índice Dow Jones fechou a quinta-feira em baixa de 3,03% e o preço do barril de petróleo ultrapassou a marca dos U$140. O índice Composite da Bolsa de Xangai teve queda de 5,29%, enquanto o índice Nikkei, da bolsa de Tóquio, acumulou perdas de mais de 2%. O índice Hang Seng, da bolsa de Hong Kong, fechou em queda de 1,29% e na bolsa de Taiwan o pregão terminou com recuo de 3,37%. As quedas espelham os temores de que o aumento da inflação nos Estados Unidos forçará os americanos a cortar os gastos, levando a economia à recessão.O vice-diretor do Banco Central chinês, Su Ning, acredita que as perdas asiáticas refletem ainda as incertezas enfrentadas pela economia chinesa diante das turbulências ocorridas na economia global. "A maior parte da crise relacionada à crise do mercado de créditos parece estar amenizando, mas seu impacto ainda persiste", disse. "Ainda temos más notícias sobre a crise no mercado de créditos e sobre os consumidores", disse Garry Evans, estrategista de capital do banco HSBC em Hong Kong.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.