carteira

As ações mais recomendadas para dezembro, segundo 10 corretoras

Europa pode retaliar os EUA em US$ 4 bilhões, decide OMC

A Organização Mundial do Comércio (OMC) autorizou hoje a aplicação da maior retaliação já pedida por um país contra outro governo. A entidade deu autorização para que a União Européia (UE) retalie os produtos dos Estados Unidos em US$ 4 bilhões, medida que se adotada poderá causar sérios problemas nas relações já abaladas entre Bruxelas e Washington.A retaliação foi autorizada depois que a UE venceu uma queixa na OMC contra o sistema de incentivos fiscais recebidos pelas empresas norte-americanas que quisessem exportar. A OMC julgou que a medida estava violando as regras internacionais do comércio e, de acordo com as leis da entidade, abriu espaço para que a UE retalie os norte-americanos.O embaixador da UE na OMC, Carlos Trojan, afirmou que Bruxelas dará até meados do próximo semestre para que os Estados Unidos modifiquem as leis. Segundo o comissário de Comércio da UE, Pascal Lamy, "se as modificações necessárias não forem adotadas, a Comissão Européia iniciará os procedimentos legislativos para adotar a retaliação a partir de 1º87 de janeiro de 2004".A UE garante que já conta com uma lista de 1,8 mil produtos norte-americanos que seriam impedidos de entrar no mercado europeus caso a retaliação fosse aplicada. Entre os produtos estão reatores nucleares, suco de laranja da Flórida e motocicletas.

Agencia Estado,

07 de maio de 2003 | 17h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.