Europeus do G-8 se reúnem no dia 4 para discutir crise

A presidência da França informou hoje que irá promover uma reunião com chefes de Estado e governo dos países europeus representantes do G-8 (grupo formado por Alemanha, Canadá, França, Itália, Reino Unido, Estados Unidos, Japão e Rússia) no sábado (dia 4), em Paris, para discutir a crise financeira global. O primeiro-ministro de Luxemburgo e atual presidente do Eurogroup (grupo de países que utilizam o euro como moeda), Jean-Claude Juncker, bem como o presidente da Comissão Européia, braço executivo da União Européia (UE), José Manuel Barroso, também estarão presentes. Durante a reunião, os líderes pretendem preparar sua "contribuição" sobre a crise financeira para a próxima reunião do G-8, na semana que vem, em Washington, informou a presidência francesa. FundoTambém hoje, o presidente da França, Nicolas Sarkozy, negou que seu país tenha proposto a criação de um fundo europeu que teria o objetivo de resgatar os bancos com problemas. Um fundo como esse, especula-se, poderia chegar a 300 bilhões de euros. "Eu nego tanto a quantia quanto o princípio", disse Sarkozy. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.