Coluna

Thiago de Aragão: China traça 6 estratégias para pós-covid que afetam EUA e Brasil

Europeus fixam prazo para decidir sobre ABN Amro

A Comissão Européia, órgão executivo da União Européia, estabeleceu hoje um prazo até 19 de setembro para decidir se o consórcio liderado pelo Royal Bank of Scotland (RBS) pode comprar o ABN Amro Holding.Se encontrar problemas antitruste, a entidade poderá lançar uma investigação mais profunda sobre o caso, que pode se prolongar por quatro meses. O consórcio, que também é integrado pelo Fortis e Santander, está oferecendo 71 bilhões de euros pelo banco holandês.Enquanto isso, o Barclays do Reino Unido está oferecendo 65 bilhões de euros pelo ABN. A comissão aprovou sua proposta em 6 de agosto, notando que a combinação não irá criar problemas antitruste. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.