coluna

Louise Barsi explica como viver de dividendos seguindo o Jeito Barsi de investir

Europeus podem recorrer à OMC contra EUA

A União Européia (UE) voltou a criticar o aumento dos subsídios à agricultura promovido pelos Estados Unidos e ameaça contestá-los na Organização Mundial do Comércio (OMC).Segundo o porta-voz da UE, Gregor Kreuzhuber, há uma "diferença surpreendente" entre o compromisso assumido pelo governo norte-americano em ajudar as nações em desenvolvimento a elevar suas exportações e suas políticas domésticas de sustentação de preços."Os Estados Unidos estão aumentando as distorções comerciais que vão prejudicar os países em desenvolvimento. É contra isso que nos colocamos. Vamos ver se o país está desrespeitando os compromissos firmados na Organização Mundial do Comércio. Se for o caso, vamos agir", disse Kreuzhuber, falando em nome do presidente da UE, o italiano Romano Prodi.O comissário de Agricultura da UE, Franz Fischler, afirmou que o aumento dos subsídios aos produtores americanos distorce os preços e o comércio internacional. Os europeus não estão preocupados apenas com o aumento dos subsídios, mas também com os recursos destinados a programas que têm ligação direta com a oscilação de preços. Esses programas encorajariam os agricultores norte-americanos a aumentar a produção, não importando o preço do produto no mercado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.