Evans, do Fed, vê expansão dos EUA de 3% a 3,5% em 2010

Charles Evans, presidente do Federal Reserve de Chicago, disse nesta segunda-feira que a economia norte-americana deve crescer de 3 a 3,5 por cento em 2010, mas que a inflação baixa fornece espaço para a manutenção da política monetária expansionista por um período prolongado.

REUTERS

21 de dezembro de 2009 | 14h13

O ano que vem "definitivamente será um ano melhor" que 2009, acrescentou ele em entrevista à rede de televisão CNBC.

Evans, que neste ano é membro votante do Comitê Federal de Mercado Aberto do Fed, acrescentou "um período prolongado" significa aproximadamente três ou quatro reuniões.

"Eu já disse que para mim isso significa cerca de três a quatro reuniões."

Tudo o que sabemos sobre:
FEDEVANSEXPANSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.