Eve Holding
Eve Holding

Eve, da Embraer, mostra cabine de 'carro voador' previsto para 2026

O veículo é um projeto da Eve Holding, subsidiária da Embraer, e teve um mock-up da cabine apresentado neste final de semana, na Inglaterra

Bruno Luiz, O Estado de S. Paulo

17 de julho de 2022 | 14h54

Subsidiária da Embraer, a Eve Holding revelou hoje o primeiro mock-up da cabine e a fase atual de design do seu projeto de eVTOL (veículo elétrico de decolagem e pouso vertical), o "carro voador". A apresentação ocorreu na Farnborough Airshow, um dos maiores eventos mundiais da indústria aeroespacial, que acontece na Inglaterra.

"Este mock-up materializa de forma brilhante o conceito de cabine que cocriamos com potenciais usuários há anos. Recentemente, recebemos pareceres de nosso conselho consultivo e agora poderemos mostrá-lo a outros públicos de interesse no Farnborough Airshow. Nossas soluções foram pensadas considerando necessidades essenciais do mercado, como acessibilidade, segurança, sustentabilidade e preço da passagem. É sempre gratificante quando alcançamos essa etapa do programa", diz Flavia Ciaccia, vice-presidente de Experiência do Usuário da Eve.

O modelo será apresentado na exposição 'Fly the Future', que acontecerá no pavilhão da Embraer, entre os dias 18 e 22 deste mês. A empresa também vai revelar ao público os conceitos de suas aeronaves sustentáveis. Junto com a experiência do mock-up, os visitantes também poderão explorar recursos externos do eVTOL por meio da tecnologia de realidade aumentada. A estimativa é de que o carro voador da companhia entre em operação em 2026, oferecendo voos sustentáveis a um menor custo.

Como parte do desenvolvimento do produto, a companhia também apresentou o atual design do veículo, que usa asa e cauda convencionais em vez do canard da configuração anterior. Os oito rotores são fixados ao redor da asa, proporcionando capacidade de decolagem e pouso verticais, bem como segurança e confiabilidade em um design simples e intuitivo de elevação e cruzeiro.

André Stein, co-CEO da Eve, acrescenta: "Nossas equipes têm trabalhado arduamente para criar as melhores soluções para o ambiente global de mobilidade aérea urbana. Nossa experiência em aviação através da Embraer não apenas nos dá confiança de que estamos no caminho certo, mas também nos coloca na vanguarda do mercado. Estamos acelerando nosso engajamento com investidores e evoluindo na maturidade do projeto."

 

Tudo o que sabemos sobre:
Embraercarro voador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.