Evo Morales vai assinar nacionalização dos hidrocarbonetos

O governo da Bolívia anunciou de forma inesperada nesta segunda, 1.º, que o presidente Evo Morales assinará nas próximas horas o decreto de nacionalização dos hidrocarbonetos.Morales assinará o decreto em Yacuiba, localidade no sul do país, anunciou a Agência Boliviana de Informação, adiantando que "a assinatura do decreto supremo devolverá ao Estado o controle das jazidas de hidrocarbonetos". Nos últimos dias, fontes oficiais tinham descartado que Morales fosse anunciar hoje a nacionalização.O anúncio sobre a assinatura do decreto aconteceu na mesma hora em que deveria acontecer um discurso de Morales na praça principal de La Paz, em comemoração do Dia do Trabalho, ao meio-dia (13 horas de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.