Ex-banqueiro pode trocar Maison d''''Arrêt pelo Ary Franco

Justiça do Rio reforça pedido de extradição e decreta prisão preventiva

Marcelo Auler, O Estadao de S.Paulo

07 de setembro de 2019 | 00h00

Caso tenha o pedido de extradição concedido pela Justiça do Principado de Mônaco, Salvatore Cacciola trocará a prisão com ares de castelo, com vista para o Mediterrâneo, por um presídio no subúrbio do Rio. O novo destino do banqueiro em nada se parecerá com a Maison d''''Arrêt, cercada por palácio real, igreja histórica e um museu oceanográfico.No Rio, na condição de condenado, ele deverá ser mandado para o presídio Ary Franco, na calorenta Água Santa, às margens da Linha Amarela. O presídio, que abrigou recentemente o pagodeiro Belo, já foi palco de inúmeras rebeliões. Por ser formado em Administração, Cacciola tem direito a cela especial.Autor da denúncia que levou à condenação a 13 anos de reclusão do banqueiro, o procurador regional da República, Arthur Gueiros, vai ajudar a elaborar o pedido de extradição. ''''Ele foi condenado por crime contra o sistema financeiro e peculato. Nenhum dos dois se confunde com crime de sonegação fiscal. Em uma extradição o que importa é o fato ser ilícito nos dois países. O peculato (beneficiar-se de dinheiro público) é crime desde a Roma antiga, em qualquer país civilizado.''''A juíza da 5ª Vara Federal Criminal do Rio, Simone Schreibe, decretou ontem a prisão preventiva de Cacciola, por crime de empréstimo vedado e gestão temerária de instituição financeira. Destacou que o país ao qual será feito o pedido de extradição tem de ficar ''''oficialmente informado de todos os processos criminais que correm no Brasil contra o acusado''''.O Itamaraty e o Ministério da Justiça receberam com otimismo a informação de que autoridades judiciais de Mônaco expressaram ''''interesse'''' e ''''boa vontade'''' em colaborar.COLABORARAM DENISE CHRISPIM MARIN E TALITA FIGUEIREDO

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.