Ex-BC diz que mercado apostou em uma "besteira"

O consultor de empresas para comércio exterior e ex-diretor da Área Internacional do Banco Central, Emílio Garófalo Filho, disse que a elevação de 3 pontos porcentuais na taxa Selic, de 18% ao ano para 21%, foi uma medida extremamente técnica que frustrou o mercado, que esperava que o BC cometesse uma "besteira", como um choque de juros. "O mercado apostava tanto em um erro do BC que durante a reunião do Copom o dólar chegou a R$ 3,90 e depois caiu para R$ 3,84", afirmou. De acordo com Garófalo, a elevação de juros hoje é parte do pacote de medidas anunciadas na sexta-feira e que só não foi anunciada anteriormente porque a legislação exige que antes de uma elevação de juros, na ausência de viés, o Comitê tenha que se reunir. "Pelo menos desta vez o Banco Central acertou", disse o economista. Com relação ao impacto que esta decisão vai exercer sobre o comércio, Garófalo afirma que "em situações de iminência de crise cambial, temos que esquecer todas as demais variáveis econômicas, como crescimento, por exemplo", diz Garófalo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.