Ex-chairman do Fed Volcker culpa BC dos EUA por 'bolhas'

O ex-chairman do Federal ReservePaul Volcker acredita que o banco central norte-americano é oculpado por permitir a formação de "bolhas" nos mercados, e dizque o atual chairman Ben Bernanke está em uma posiçãocomplicada. "Eu acho que Bernanke está em uma situação muito difícil",disse Volcker à New York Times Magazine, em matéria que serápublicada no domingo. O jornal disponibilizou o texto para aimprensa com antecedência. "Muitas bolhas têm acontecido por muito tempo... O Fed nãoestá realmente no controle da situação", disse Volcker ao NYT,em crítica clara a Bernanke e a seu antecessor, Alan Greenspan.Volcker chefiou o Fed entre 1979 e 1987, quando foi substituídopor Greenspan. A crise no mercado imobiliário após anos de exuberância dospreços das moradias disparou um aperto global no crédito e podecolocar a economia norte-americana em recessão. Críticos culpam o nível baixíssimo das taxas de juros nosanos finais da era Greenspan --quando o banco central dosEstados Unidos manteve a taxa básica em 1 por cento por muitotempo-- por alimentar a bolha imobiliária. Bernanke, que também foi diretor do conselho do Fed entre2002 e 2005, herdou o problema em certo grau. Greenspan foi muito criticado por ter sido tão agressivo naredução dos juros quando o crescimento estava ameaçado e lentono aperto monetário quando a expansão acelerou e cresceu orisco de alta da inflação. Volcker, conhecido como "Tall Paul" por sua grandeestatura, tem o crédito de ter contido a inflação dos anos 1970com um agressivo aperto monetário, que lhe colocou na mira decríticos em alguns momentos à época. "Não é divertido elevar os juros", disse Volcker.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.