Ex-diretor da WorldCom é condenado a 5 anos de prisão

Scott D. Sullivan, ex-diretor financeiro da WorldCom, foi condenado a cinco anos de prisão, em conexão com a fraude que obrigou a gigante de telecomunicações à bancarrota. Sullivan, de 43 anos, é o quinto ex-executivo da WorldCom a receber uma sentença de prisão, em relação ao que a Justiça dos EUA considera a maior fraude contábil da história dos EUA. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.