Ex-diretor do BC não espera queda dos juros já

O ex-diretor do Banco Central e hoje diretor-executivo do Unibanco Asset Manegement, Demósthenes Madureira de Pinho Neto, não espera que o Copom reduza a taxa Selic na próxima reunião, em abril.A expectativa dele é de que seja retirado o viés de alta para que, na reunião de maio, venha um corte dos juros. Se a onda de otimismo atual se acentuar até a reunião deste mês, prevista para os dias 22 e 23, ele imagina possível uma redução mais rápida. Demósthenes estima que o Copom não corte mais de um ponto percentual da taxa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.