Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Ex-ministro quer que Alemanha amplie proteção ao euro

Joerg Asmussen, integrante do Conselho de Diretores do Banco Central Europeu (BCE) e ex-ministro das Finanças da Alemanha, disse neste sábado que o parlamento alemão precisa aprovar a participação do país na ampliação da barreira de proteção da zona do euro, informou a revista alemã Spiegel.

AE, Agencia Estado

31 de março de 2012 | 16h08

Asmussen disse, segundo a revista, que "é importante para a intervenção contra a crise" que o Fundo Europeu de Estabilidade Financeira (EFSF, na sigla em inglês) e o Mecanismo de Estabilidade Europeu (ESM, na sigla em inglês) "sejam capazes de comprar dívida soberana nos mercados primário e secundário".

O parlamento alemão (Bundestag) precisa aprovar direta ou indiretamente os gastos federais e as garantias financeiras. Na sexta-feira, integrantes do principal partido de oposição da Alemanha, o Social Democrata, reivindicaram a implantação de medidas para estimular o crescimento e a introdução de um imposto sobre transações financeiras para dar suporte à expansão da barreira de proteção da zona do euro, sob a qual o ESM deve se sobrepor e eventualmente substituir o EFSF. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Alemanhazona do europroteção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.