Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Ex-prefeito preso por furto do BC no Ceará continua preso

TRF 5ª negou pedido de liberdade de Antonio Argeu para garantir ordem pública e eventual execução penal

Elvis Pereira, estadao.com.br

11 de dezembro de 2008 | 20h49

A Justiça negou na terça-feira, 9, o pedido de liberdade do ex-prefeito de Boa Viagem (CE) Antonio Argeu Nunes Vieira, de 46 anos, acusado de financiar o furto ao Banco Central de Fortaleza. Agentes da Polícia Federal o detiveram no dia 12 do mês passado no Aeroporto Pinto Martins, na capital cearense, quando ele retornava de Brasília.   Veja também: PF encerra inquérito sobre roubo ao Banco Central no Ceará Paulista é condenado a 17 anos de prisão pelo roubo ao BC STF manda soltar suspeito de envolvimento no roubo ao BC Mais 4 são processados por lavagem de dinheiro roubado do BC Condenados a 49 anos de prisão líderes de roubo ao BC Todas as notícias sobre o roubo ao Banco Central    O habeas corpus do ex-prefeito foi analisado pela Segunda Turma do Tribunal Regional Federal da 5ª Região. Os magistrados decidiram manter a prisão dele para assegurar a ordem pública e garantir uma eventual execução penal. Vieira teria recebido cerca de R$ 4 milhões dos R$ 164,7 milhões retirados do cofre do BC, por meio de um túnel, em agosto de 2005.

Tudo o que sabemos sobre:
roubo ao BCFortalezaBanco Central

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.