Ex-presidente da CEF assume diretoria no Banco Pine

O ex-presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Emílio Carazzai, assumiu nesta segunda-feira a Diretoria Geral do Banco Pine, cargo criado recentemente. Carazzai vai se reportar diretamente ao presidente da instituição, Noberto Pinheiro e supervisionar todos os processos operacionais do banco. Ele comandou a Caixa no segundo mandato do presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e foi indicado na ocasião pelo vice-presidente Marco Maciel (PFL). À época, em janeiro de 1999, a indicação de Carazzai foi apontada como uma forma de compensar o Estado de Pernambuco pela perda do Ministério do Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Amazônia Legal, que passou para o Maranhão. O pernambucano Gustavo Krause foi substituído na reforma ministerial pelo deputado José Sarney Filho (PFL).Mestre em Administração pela Manchester Business School (Inglaterra), Carazzai foi secretário-executivo do ex-ministro da Fazenda Paulo Haddad e secretário de assuntos internacionais, também da Fazenda, na gestão de Gustavo Krause. Também ocupou a secretaria geral adjunta da pasta da Agricultura quando o ministro era Amaury Stábile. Foi ainda membro do Conselho Curador do FGTS e do Conselho Deliberativo da Sudene. No governo de Marco Maciel em Pernambuco, ocupou a Secretaria de Agricultura de Pernambuco. Dirigiu, ainda, o Condepe e a Fiam. No setor privado, Carazzai atuou em empresas como Editora Abril, Bompreço Par e Booz-Allen & Hamilton.O Pine é um banco especializado no crédito a empresas de médio porte, grandes corporações e pessoas físicas. De acordo com a instituição financeira, o reforço de gestão organizacional, com a criação da Diretoria Geral, tem o objetivo de ampliar sua participação nos segmentos em que atua.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.