Ex-presidente do Nacional fica preso no fim de semana

O ex-presidente do Banco Nacional, Marcos Magalhães Pinto, deve permanecer na prisão Ponto Zero, da Polícia Federal, durante o fim de semana.Isso porque o habeas-corpus impetrado em seu favor e a apelação contra a sentença proferida pelo juiz da 1ª Vara Criminal Federal do Rio, Marcos Noliari, devem ser analisados pelo Tribunal Regional Federal apenas na segunda-feira."Acho muito pouco provável que ele saia no fim de semana", reconheceu o advogado Nélio Machado, que trabalha para Magalhães Pinto. Segundo o advogado, foi cometida uma série de ilegalidades, entre elas, a convocação para a leitura da sentença na segunda-feira, o que não está previsto em lei, e a própria prisão provisória do cliente antes do ato da sentença e sem motivo para tal.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.