Executiva dos bancários marca reunião para discutir greve

A sétima rodada de negociações salariais entre bancários e a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban), que estava prevista para 15 horas desta quinta-feira, em São Paulo, foi cancelada por iniciativa da entidade patronal, segundo informou a Confederação Nacional dos Bancários (CNB).O presidente da CNB, Vagner Freitas, disse que, diante do cancelamento, Executiva Nacional da confederação se reúne no próximo dia 3 de outubro para avaliar o indicativo de paralisação. Freitas diz que ainda há tempo para que as duas partes cheguem a um acordo. A CNB representa 380 mil bancários de todo o País. A categoria reivindica um reajuste com base na inflação medida pelo Dieese (13,5%), mais 3,99% de produtividade e outros 0,42% residuais do acordo anterior. A proposta da Fenaban, já rejeitada pelos bancários, é de 10% de reajuste mais R$ 1,360 mil de abono. A primeira rodada de negociações ocorreu no início de setembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.