Executivo-chefe do Yahoo! apresenta demissão

Presidente da empresa já procura um substituto para Jerry Yang, tanto dentro quanto fora da companhia

Efe,

18 de novembro de 2008 | 01h32

Jerry Yang, um dos fundadores do Yahoo!, pediu demissão de seu cargo de executivo-chefe da empresa após se negar à vendê-la à Microsoft, assinalou nesta segunda-feira, 17, em comunicado a empresa, que tem suas sedes sociais na Califórnia.   Em meados deste ano, a Microsoft apresentou uma proposta para comprar o Yahoo! por US$ 47,5 bilhões.   O presidente do Yahoo!, Roy Bostock, assinalou que já procura um substituto para Yang, tanto dentro quanto fora da empresa.   "Jerry e a junta de diretores conversaram de forma permanente sobre o momento da sucessão e decidimos que esta é a hora oportuna de fazer a transição para um novo diretor-executivo, que leve a companhia a seu próximo nível", disse Bostock em nota oficial.   Yang, que em 1994 fundou o Yahoo! com seu companheiro David Filo na Universidade de Stanford, permanecerá na empresa como membro da diretoria.   Em declaração, assinalou que sua tarefa será focada em "uma estratégia global e em fazer com que o Yahoo! transforme em realidade seu potencial e aumente sua liderança na cultura da tecnologia e na excelência do produto e da inovação".   As pressões para a demissão de Yang cresceram nos últimos meses, em meio a uma persistente queda do valor das ações da companhia na Bolsa de Valores.

Tudo o que sabemos sobre:
demissãoYahoo!

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.