Executivo da Peugeot descarta fusão com Opel, diz revista

A PSA Peugeot Citroen descartou uma fusão com a unidade europeia da General Motors Opel como resultado da aliança dos dois grupos de veículos, publicou a Autogazette, nesta segunda-feira.

Reuters

24 de dezembro de 2012 | 11h16

"Isto nunca foi uma questão durante as discussões", publicou a revista citando Olivier Dardart, diretor das operações alemãs da montadora francesa. "O ponto (da aliança) não é reduzir pessoal."

Desde o anúncio da parceria em fevereiro, a planejada aliança entre a Peugeot e a GM despertou ceticismo de investidores diante da piora das finanças do grupo francês, que cortou milhares de empregos.

As duas montadoras desistiram na quinta-feira de planos para um programa de desenvolvimento de um veículo de médio porte, apesar de terem assinado acordos sobre três outros projetos de veículos e uma cooperação em motores.

Tudo o que sabemos sobre:
AUTOSPEUGEOTFUSAO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.