Executivo do Deutsche Bank é criticado por faltar a audiência

Políticos alemães acusaram o vice-presidente do Deutsche Bank, Anshu Jain, de "amarelar" após o banco decidir mandar o diretor de conformidade em seu lugar para uma audiência parlamentar sobre manipulação da taxa Libor, na próxima semana.

Reuters

22 de novembro de 2012 | 18h24

Os políticos do Partido Social Democrata e do Partido Verde criticaram a decisão de não enviar Jain, indiano que se tornou o vice-presidente do maior banco alemão em junho, para uma audiência que ocorre em 28 de novembro.

"O senhor Jain amarelou", disse o político do Partido Verde, Gerhard Schick, afirmando que a decisão era inaceitável.

O Deutsche Bank irá enviar Stephan Leithner, diretor de conformidade. Jain era chefe do banco de investimento quando teria havido a suposta manipulação.

(Por Gernot Heller)

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSDEUTSCHEBANK0LIBORLEGAL*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.