Executivo responsável pela compra da Varig não comparece pela 2ª vez à CPI

O chinês Lap Chan, um dos principais executivos responsáveis pela compra da Varig, não compareceu pela segunda vez à CPI da Varig, que está sendo realizada nesta quarta-feira na Assembléia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro (Alerj). Segundo o presidente da CPI, deputado Paulo Ramos (PDT), a assessoria de Chan informou que ele está fora do País e que vai fornecer uma agenda com os dias em que estará disponível para prestar depoimento. Um dos sócios brasileiros de Chan, Marco Antonio Audi, presidente do conselho de administração da VarigLog, que comprou a Varig, dará seu depoimento nesta quarta à CPI. Chan é acionista da Volo do Brasil, controladora da VarigLog.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.