Conteúdo Patrocinado

Expansão da energia solar em debate

Especialistas analisarão um mercado que nos últimos cinco anos cresceu 112 vezes no Brasil

Equinor, Estadão Blue Studio
Conteúdo de responsabilidade do anunciante

02 de outubro de 2021 | 07h30

Modalidade sustentável de geração de energia que vem ganhando importância a cada dia no Brasil, a energia solar já é responsável por 2,1% da matriz elétrica do País. E certamente tem ainda muito a crescer, considerando os saltos que vêm registrando ano a ano: a potência instalada passou de apenas 93 MW em 2016 para os atuais 10.429 MW.  

Para discutir o estágio desse mercado e as projeções de crescimento, o Estadão Blue Studio promoverá um debate na quarta-feira, 6 de outubro, a partir das 9h, com patrocínio da Equinor. Serão três painéis, “Ganhos do uso da energia solar”, “Desafios da matriz elétrica brasileira e as políticas-econômicas que envolvem a energia solar” e “Como viabilizar a energia solar no setor privado – residências e empresas”. O público poderá enviar perguntas: basta fazer a inscrição na plataforma de webinar do Estadão. 

Entre os debatedores estão Marcus Nakawaga, professor da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) e coordenador do Centro ESPM de Desenvolvimento Socioambiental (CEDS); José Mauro de Morais, do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea); Clauber Leite, coordenador do Programa de Energia do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec); Ronaldo Koloszuk e Rodrigo Lopes Sauaia, representantes da Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar); Mara Schwengber, empreendedora do setor; e Rodrigo Pedroso, diretor de Energia da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.