Expansão do JPMorgan invade território do Bank of America

O JPMorgan Chase contratou nesta semana uma equipe em Charlotte, Carolina do Norte, sede de seu rival Bank of America, como parte de seus esforços para crescer em territórios onde não tem agências.

RICK ROTHACKER, Reuters

17 de agosto de 2012 | 17h27

O setor de banco comercial não é a maior fonte de receita do JPMorgan, mas é cada vez mais uma fonte importante de crescimento de lucros para o maior banco norte-americano, enquanto empresas elevam suas dívidas em ritmo acelerado.

O banco sediado em Nova York abriu um escritório semelhante em Kansas City, Missouri, mais cedo neste ano, que se soma a unidades em Tennessee, Minnesota e estados ao longo da costa leste. O JPMorgan tem poucos outros caminhos para alcançar crescimento agora -- reguladores provavelmente não aprovariam grandes aquisições.

O JPMorgan está tentando elevar sua participação de mercado em regiões como o sudeste à custa de seus competidores, disse a analista veterana de bancos Nancy Bush, editora contribuinte do SNL Financial.

"Eles estão dizendo: 'se não podemos comprar, vamos construir'", disse a analista.

Tudo o que sabemos sobre:
BANCOSJPMORGANBOFA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.