Imagem Coluna do Broadcast
Colunista
Coluna do Broadcast
Conteúdo Exclusivo para Assinante

Expectativa de alta para Ibovespa volta a crescer

Foco dos investidores segue em Brasília principalmente.

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de março de 2019 | 04h00

A perspectiva de alta para o desempenho do Ibovespa na próxima semana voltou a crescer nesta edição do Termômetro Broadcast Bolsa, após ter diminuído fortemente na pesquisa anterior. A pesquisa tem por objetivo captar o sentimento de operadores, analistas e gestores para o comportamento do índice na semana seguinte. Entre 30 participantes, 60,00% disseram acreditar que a semana será de ganhos, ante 29,41% no último Termômetro, enquanto a parcela que vê queda recuou de 41,18% para 20,00%. A expectativa é de estabilidade também para 20% do universo, ante 29,41% no levantamento passado. A Bolsa apurou ganho semanal de 1,79%.

Na semana que abre o mês de abril, o foco dos investidores segue em Brasília principalmente. Foi remarcada para quarta-feira (3) a audiência do ministro da Economia, Paulo Guedes, na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara para discutir a reforma da Previdência, uma importante etapa para a tramitação da matéria após a escolha do relator, o deputado Marcelo Freitas (PSL-MG). A votação da admissibilidade da proposta na CCJ está prevista para o dia 17.

Na agenda local, o ponto alto é a produção industrial no Brasil referente a fevereiro, após os fracos números de janeiro terem contribuído para revisões em baixa do PIB deste ano.

No exterior, a agenda de indicadores tem como destaque o relatório de emprego norte-americano, referente a março, que será divulgado na sexta-feira. Ainda nos Estados Unidos, são esperados indicadores do varejo. Na Europa, dados de inflação, desemprego e também do varejo na zona do euro ajudarão nos prognósticos sobre o pulso da economia da região. Entre os eventos, a grande expectativa é pela visita do vice-primeiro-ministro da China, Liu He, a Washington, para selar um acordo comercial entre o país e os Estados Unidos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.