Helvio Romero/Estadão - 27/1/2016
Helvio Romero/Estadão - 27/1/2016

coluna

Dan Kawa: Separar o ruído do sinal é a única forma de investir corretamente daqui para a frente

"Expectativa de aumento de arrecadação para todos pode não ser uma realidade"

Para o presidente da Confederação Nacional das Instituições Financeiras (CNF), Sergio Rial, é legítimo, no aspecto social, buscar receitas adicionais aos municípios do País

Entrevista com

Sergio Rial

Adriana Fernandes e Idiana Tomazelli, O Estado de S.Paulo

18 de janeiro de 2018 | 05h00

Na tentativa de resolver um dos maiores imbróglios tributários do País – criado com a mudança na legislação do ISS –, os bancos vão lançar um sistema com um padrão único de pagamento do imposto nas operações com cartões de débito e crédito, leasing, fundos de investimento, consórcios e planos de saúde. Na entrevista abaixo, o presidente da Confederação Nacional das Instituições Financeiras (CNF), Sergio Rial, comenta as mudanças.

Qual o impacto da lei que muda a cobrança de ISS?

Temos 5.570 municípios muito variados. Nosso País tem uma concentração de renda não só em Estados, mas também em alguns municípios. É absolutamente legítimo, no aspecto social, buscar receitas adicionais aos diversos municípios do País. Mas saímos de uma arrecadação única do ISS para um processo altamente descentralizado. É um desafio em tão pouco tempo, independentemente de ser ou não favorável.

Pode haver um aumento da arrecadação?

A expectativa de aumento de arrecadação equânime para todos é um desejo, mas pode não ser uma realidade.

++Prefeitos vão arrecadar 20% mais com mudança na cobrança do ISS

Como a mudança afeta o consumidor?

Essa discussão já está acontecendo com a indústria do fundo do Rio de Janeiro, porque há uma sinalização clara do município do aumento do ISS para o teto de 5%. A indústria está se manifestando contrária. Em qualquer setor, um aumento de tributação indireta acaba impactando diretamente a cadeia e os consumidores.

Tudo o que sabemos sobre:
ISS [Imposto Sobre Serviços]Imposto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.