Expectativa do consumidor no RJ cresce 1,18% em agosto

O Índice de Expectativa do Consumidor na região metropolitana do Rio de Janeiro, calculado pela Federação do Comércio do Estado do Rio de Janeiro (Fecomércio-RJ), subiu 1,18% em relação a julho. De junho para o mês anterior, porém, a alta foi de 5,48%. Na comparação com agosto do ano passado, o índice deste mês cresceu 5,72%."A continuidade na melhora do mercado de trabalho está proporcionando resultados positivos para uma variável importante na melhora das expectativas, a massa salarial, que engloba nível de ocupação e renda. Nossa projeção é que o crescimento da população ocupada continue e, no segundo semestre, analisando o setor de comércio e serviços, essa variável cresça em torno de 45% com relação ao segundo semestre de 2003?, destaca nota da Federação. A análise da Fecomércio-RJ acrescenta que provavelmente contribuíram para esse maior otimismo fatores como a isenção do PIS/Cofins para a cesta básica, a desaceleração da inflação (observada no IGP-M e IPCA-15), o fim do impacto do aumento dos combustíveis, a redução do peso do reajuste da telefonia sobre a inflação e a queda na cotação do dólar, que vem se mantendo abaixo de R$ 3,00.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.