Exportação de carne bovina do Brasil despenca 33% em novembro

As exportações de carne bovina do Brasil registraram forte queda de 33 por cento em novembro, sentindo a menor demanda de tradicionais compradores em meio à crise econômica global. A Abiec, entidade que reúne os exportadores do Brasil, maior vendedor global de carne bovina, informou que o volume embarcado em novembro ficou em 132,6 mil toneladas (equivalente carcaça), contra 197,1 mil em igual mês do ano passado. A receita com as vendas externas no mês passado atingiu 335,7 milhões de dólares, queda de 14 por cento em relação a novembro de 2007. As vendas de vários tipos de commodities têm sido afetadas globalmente pela menor disponibilidade de crédito e queda na demanda. Importadores com dificuldade de linhas para novos negócios estão queimando estoques enquanto aguardam condições melhores, forçando, em alguns casos, reduções de produção nos países fornecedores. No acumulado de janeiro a novembro, as exportações de carne bovina somam 2,02 milhões de toneladas, ante 2,36 milhões em igual período de 2007. A receita no período ficou em 5 bilhões de dólares, ante 4,09 bilhões em 2007. As vendas na primeira quinzena de dezembro, segundo a Abiec, somaram 58,4 mil toneladas, queda de 22 por cento em relação a igual período de 2007. A receita foi de 124,2 milhões de dólares, contra 150,7 milhões nos primeiros quinze dias de dezembro de 2007. (Reportagem de Roberto Samora)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.