Exportação de celulose cresce 2% em agosto

As exportações de celulose da indústria brasileira apresentaram recuperação em agosto, após queda em julho e junho. De acordo com dados preliminares da Associação Brasileira de Celulose e Papel (Bracelpa), o volume vendido ao mercado externo no mês passado totalizou 678 mil toneladas. O resultado representa alta de 2% em relação a agosto do ano passado e de 6,9% sobre julho.

ANDRÉ MAGNABOSCO, Agencia Estado

27 de setembro de 2010 | 16h08

As vendas no acumulado do ano apresentam alta de 2,7% em relação aos oito primeiros meses de 2009, com total de 5,520 milhões de toneladas. O montante equivale a exportações de US$ 3,093 bilhões (preço FOB) no período, alta de 50,7% em igual comparação. O aumento substancial na receita gerada é resultado da recuperação dos preços do insumo utilizado na fabricação de papéis entre meados de 2009 e junho deste ano.

A Europa, principal mercado da indústria nacional, tem puxado o resultado das vendas externas brasileiras. Com compras de US$ 1,367 bilhão até agosto, o continente apresenta expansão de 72,4% em relação ao total exportado pelo País na comparação com o mesmo período do ano passado. A China, segundo principal mercado externo do Brasil, apresenta expansão de 16% até agosto, para US$ 798 milhões.

No mercado interno, o levantamento aponta que as vendas locais de celulose totalizaram 131 mil toneladas em agosto, queda de 4,4% em relação a agosto de 2009 e também ante julho deste ano. Apesar da queda mensal, o indicador local ainda apresenta alta de 13,8% no acumulado até agosto, pra 1,031 milhão de toneladas.

Para fazer frente ao aumento da demanda, a indústria nacional ampliou a produção do insumo em 7,7% neste ano, para 9,249 milhões de toneladas. A produção de agosto foi de 1,123 milhão de toneladas, retração de 8,7% em relação a julho e de 6,4% na comparação com agosto de 2009.

Tudo o que sabemos sobre:
celuloseexportaçõespapelBracelpa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.