Exportação de frango cresce 21%

As exportações de carne de frango tiveram o melhor desempenho da história em junho, tanto em volumes quanto em faturamento. Segundo a Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango (Abef), Brasil embarcou 238.270 toneladas, alta de 53% sobre o mesmo mês de 2003. Em receita cambial, as exportações atingiram US$ 248 milhões, 85% acima do faturado em junho do ano passado. No primeiro semestre, as vendas externas somaram 1,131 milhão de toneladas e ficaram 21,6% acima do volume embarcado em igual período do ano passado. A receita cambial somou US$ 1,221 bilhão, com um crescimento de 56%.Segundo a Abef, o destaque foi o desempenho das vendas de frango industrializado. "O crescimento da receita cambial bem superior ao dos volumes indica o sucesso da estratégia de buscar o aumento da rentabilidade das exportações, através da venda de produtos de maior valor agregado", diz a entidade. Também ajudou no resultado, diz Abef, "a menor oferta de produtos oriundos dos concorrentes diretos, que voltam a enfrentar problemas sanitários."O diretor-executivo da Abef, Cláudio Martins, afirmou que o setor espera fechar 2004 com um crescimento de 5% a 7% no volume e de 10% a 15% na receita cambial. Em 2003, as exportações atingiram 1,958 milhão de toneladas, gerando receita de US$ 1,796 bilhão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.