Exportação de petróleo em porto da Líbia volta a ser interrompida

O porto Hariga, de exportação de petróleo no leste da Líbia, foi fechado mais uma vez depois de ficar aberto durante o fim de semana, após seguranças pedindo o pagamento de salários impedirem o carregamento de um navio petroleiro, disse nesta segunda-feira um porta-voz da operadora Arabian Gulf Oil Co (Agoco).

REUTERS

23 de junho de 2014 | 11h26

Os seguranças da unidade vêm protestando desde maio, reclamando de atrasos nos pagamentos.

Eles permitiram que um dos dois petroleiros que aguardavam no local, o navio Alexia, a carregar petróleo durante o fim de semana, depois de uma espera de um mês. No entanto, os seguranças disseram que não irão permitir uma segunda embarcação a carregar até que recebam pagamentos atrasados.

O navio Phoenix Beacon está aguardando há cerca de um mês, segundo dados de rastreamento marítimo.

(Por Ahmed Elumami e Julia Payn)

Tudo o que sabemos sobre:
PETROLEOLIBIAPORTO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.