finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Exportações ajudam PIB da Alemanha a crescer 0,4% no 4o tri

A recuperação da Alemanha continuou no último trimestre de 2010, com as exportações ofuscando a fraqueza do setor de construção em meio ao inverno rigoroso e à redução dos estoques, colocando a maior economia da Europa em uma base sólida para 2011.

REUTERS

24 de fevereiro de 2011 | 07h25

Números da agência de estatísticas alemã mostraram nesta quinta-feira que o Produto Interno Bruto (PIB) cresceu 0,4 por cento no quarto trimestre, a sétima expansão trimestral seguida, embora tenha desacelerado em relação aos outros três trimestres do ano.

A Alemanha recupera-se mais rápido que o esperado, ultrapassando outros países europeus na retomada do crescimento após a maior recessão do pós-guerra, em 2009. Em termos anuais, a economia alemã cresceu 4 por cento sobre os últimos três meses de 2009.

O comércio adicionou 0,7 ponto percentual ao PIB, segundo a agência de estatísticas, que detalhou dados inicialmente divulgados em 15 de fevereiro.

A construção subtraiu 0,4 ponto percentual do PIB, a mesma quantia retirada pela diminuição dos estoques.

(Reportagem de Soeren Amelang e Annika Breidthardt)

Tudo o que sabemos sobre:
MACROALEMANHAPIB*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.