Exportações crescem na primeira semana de dezembro

Vendas externas sobem 3,5% em relação a novembro e fazem a balança comercial ter superávit de US$ 376 mi

SANDRA MANFRINI, Agencia Estado

07 de dezembro de 2009 | 11h50

A balança comercial brasileira registrou um superávit de US$ 376 milhões na primeira semana de dezembro (período que vai do dia 1º ao dia 6). Em quatro dias úteis, as exportações somaram US$ 2,618 bilhões e as importações, US$ 2,242 bilhões, segundo dados divulgados nesta segunda-feira, 7, pelo Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC).

Pelo critério da média diária, a média exportada na primeira semana de dezembro (US$ 654,5 milhões) é 4,2% superior ao desempenho verificado em dezembro de 2008 (US$ 628,1 milhões) e 3,5% maior que a média de novembro deste ano (US$ 632,7 milhões). Com relação às importações, a média diária registrada na primeira semana de dezembro, de US$ 560,5 milhões, é 7,2% maior que a verificada em dezembro do ano passado (US$ 522,8 milhões) e 6,9% menor que a de novembro de 2009 (US$ 601,9 milhões).

VEJA TAMBÉM:
Miguel Jorge defende o uso de medidas de controle cambial

A balança comercial acumula no ano, até a primeira semana de dezembro, um superávit de US$ 23,578 bilhões. O saldo é 6,2% superior ao registrado em igual período de 2008 (US$ 22,209 bilhões). Apesar disso, a corrente de comércio (soma de exportações e importações) do acumulado do ano é de US$ 258,722 bilhões, valor 26,5% menor que o verificado em igual período de 2008 (US$ 352,013 bilhões).

As exportações somam, no ano, US$ 141,150 bilhões, com média diária de US$ 608,4 milhões. Esse desempenho médio das exportações é 23,3% inferior ao registrado no mesmo período do ano passado (US$ 792,8 milhões). As importações totalizam, no ano, US$ 117,572 bilhões, com média diária de US$ 506,8 milhões, o que representa uma queda de 27,5% ante a média de igual período de 2008 (US$ 698,7 milhões).

Tudo o que sabemos sobre:
comércio exteriorbalança

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.