Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Exportações de calçados caem 12% em abril

A receita do setor calçadista com as exportações recuou 12% em abril, em comparação com o mesmo mês de 2002. No mês passado, os exportadores venderam US$ 113 milhões ante US$ 128 milhões em abril de 2002, segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Calçados (Abicalçados). Os números não chegaram a ser uma surpresa para os calçadistas. A previsão de queda nos embarques já havia sido feita no início do ano, como resultado do declínio mundial no consumo de calçados, e em particular nos Estados Unidos, que absorve boa parte do produto brasileiro exportado. Os embarques realizados em abril são frutos de negócios fechados em fevereiro e março, período de incertezas sobre a invasão do Iraque. Para se ter uma idéia, segundo Heitor Klein, diretor do Programa Calçado Brasil, de exportações, as feiras de Las Vegas, em fevereiro, e a GDS, da Alemanha, realizada em março, tiveram movimento bem abaixo do normal, indicando queda dos negócios e do preço dos calçados.No acumulado de janeiro a abril, o faturamento do setor com as exportações foi de US$ 499 milhões, valor 4% a mais em relação ao quadrimestre do ano passado (US$ 481 milhões). Em 2002, o total obtido pelos exportadores calçadistas foi de US$ 1,448 bilhão. Para este ano, a meta é um incremento em torno de 20%.

Agencia Estado,

06 de maio de 2003 | 12h13

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.