Exportações de calçados diminuíram 6,4% em 2008

As exportações do setor calçadista caíram 6,4% no ano passado em relação a 2007, totalizando 165,7 milhões de pares de calçados, segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalçados). A receita das empresas com os embarques somou US$ 1,8 bilhão, o que representou um recuo de 1,6% em relação a 2007."As exportações vêm num processo de estabilidade e queda há quatro anos, acompanhando a desvalorização do dólar, que tirou a competitividade em termos de preço do sapato brasileiro", afirmou o diretor executivo da Abicalçados, Heitor Klein. Segundo ele, a recente valorização do dólar não contribuiu para o aumento dos embarques, que recuaram 20% em novembro e dezembro. "A crise aumentou a volatilidade e afastou os compradores", explicou.O dirigente avalia que o mês de janeiro deve se manter com queda no volume embarcado, da ordem de 20%. "Os contratos para temporada primavera-verão do Hemisfério Norte só deverão ser embarcados a partir de março ou abril, quando as exportações poderão reagir", disse.As exportações para os Estados Unidos, principal mercado do calçado brasileiro, foram as que mais caíram em 2008. De acordo com a Abicalçados, a retração nas exportações para o país foi de 23,2%, com as compras passando de 49 milhões de pares de 2007 para 37,7 milhões de pares no ano passado. A receita adquirida pelo setor com as vendas aos EUA apresentou recuo de 32,6%, para US$ 483,8 milhões.

RODRIGO PETRY, Agencia Estado

20 de janeiro de 2009 | 15h25

Tudo o que sabemos sobre:
calçadosexportações

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.