Juros

E-Investidor: Esperado, novo corte da Selic deve acelerar troca da renda fixa por variável

Exportações de carne de frango caem 5,2% no 1o bimestre de 2009

As exportações brasileiras de carne de frango totalizaram 538 mil toneladas nos primeiros dois meses de 2009, uma queda de 5,2 por cento em relação ao mesmo período do ano passado, informou a Associação Brasileira dos Produtores e Exportadores de Frango (Abef) nesta quarta-feira. Esse volume representou receita de 710 milhões de dólares, queda de 28,2 por cento ante 2008, informou a entidade, destacando que o mês de fevereiro teve três dias úteis a menos. "Os números estão de acordo com a expectativa (...), e confirmam que foi acertada a iniciativa da entidade de, no final de 2008, recomendar uma redução de 20 por cento na produção avícola destinada à exportação", disse a Abef em comunicado. Para o mês de março, a entidade destacou que os volumes e os preços nas negociações que já estão em curso apontam para um patamar melhor para as exportações, o que indica uma recuperação a partir do segundo trimestre. Assim, a Abef manteve sua projeção de um crescimento de até 5 por cento nos volumes exportadores neste ano. No ano passado foram embarcadas 3,6 milhões de toneladas de carne de frango. O Brasil é o maior exportador de carne de frango do mundo. Oriente Médio respondeu por 175 mil toneladas dos embarques no primeiro bimestre deste ano, uma queda de 4 por cento, sendo que a receita caiu 30 por cento ante o mesmo bimestre de 2008, para 213 milhões de dólares. Já os embarques para a Ásia somaram 126 mil toneladas, uma queda de 11 por cento. A receita atingiu 193 milhões de dólares, recuo de 18 por cento. Para a América do Sul houve aumento de 18 por cento no volume, para 36 mil toneladas, e de 40 por cento na receita, para 63 milhões de dólares. (Por Camila Moreira)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.