Exportações de minério de ferro na Índia caem 24,6% em 12 meses

Queda das importações poderá aumentar os preços mundiais do minério de ferro

Clarissa Mangueira, da Agência Estado,

24 de janeiro de 2011 | 11h27

As exportações de minério de ferro da Índia recuaram 24,6% em dezembro, para 9,70 milhões de toneladas, de 12,87 milhões de toneladas no mesmo período de 2009, afirmou a Federação das Indústrias de Minerais Indianas.

A Índia é o terceiro maior exportador de minério de ferro em volume do mundo e a queda das importações poderá aumentar os preços mundiais do minério de ferro, à medida que os preços do aço continuam a subir.

Os portos de Barring Vizag e Paradip observaram uma alta marginal dos embarques, enquanto todos os outros portos indianos relataram um declínio em dezembro, conduzido por uma queda de 15% em Goa.

O Estado de Goa, que corresponde por 45% das exportações de minério de ferro da Índia, exportou 6,27 milhões de toneladas em dezembro, em comparação com as 7,38 milhões de toneladas exportadas no mesmo período de 2009.

"As restrições de transporte rodoviário para a movimentação de minério de ferro das minas de Karnataka para os portos de Goa continuam a atingir as exportações", disse R.K. Sharma, secretário-geral do órgão de comércio.

Karnataka proibiu as exportações de minério de ferro no final de julho e restringiu o transporte da matéria-prima pelas rodovias a fim de fiscalizar as atividades de mineração ilegais no Estado.

As exportações de minério de ferro da Índia caiu 17% entre abril e dezembro, para 64,40 milhões de tonelada, em relação a igual período de 2009, afirmou o órgão de comércio.

A estatal NMDC, a maior mineradora de minério de ferro da Índia em volume, exportou 1,6 milhão de toneladas de abril a dezembro, uma queda de 38,5% em relação ao mesmo período de 2009.

As exportações de minério de ferro da Índia totalizaram 117,37 milhões de toneladas no ano fiscal encerrado em 31 de março de 2010.

As informações são da Dow Jones. 

Tudo o que sabemos sobre:
Índiaferroexportação

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.