Exportações de minério podem crescer 72% neste ano

O reajuste de 71% no preço do minério de ferro anunciado hoje pela Companhia Vale do Rio Doce poderá levar as exportações de minério a um crescimento de 72% neste ano (em receita em US$) em relação ao ano passado, compensando as perdas em receita estimadas para o complexo soja, segundo estimativa da Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB).Segundo o vice-presidente da entidade, José Augusto de Castro, o reajuste "é uma ótima notícia" para a balança comercial do País em 2005. A AEB estimava que as exportações de minério chegariam a US$ 6 bilhões neste ano, ante US$ 4,7 bilhões no ano passado, mas revisou para cima a projeção para US$ 8,2 bilhões, após o anúncio da Vale.Segundo Augusto de Castro, esses US$ 2 bilhões a mais que deverão ser exportados vão compensar as perdas da soja, um dos principais produtos da pauta externa do País e que, segundo a AEB, deverá reduzir as exportações de US$ 10 bilhões em 2004 para US$ 8 bilhões neste ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.