finanças

E-Investidor: "Você não pode ser refém do seu salário, emprego ou empresa", diz Carol Paiffer

Exportações devem crescer 4,4% em 2004, estima BC

O diretor de Política Econômica do Banco Central (BC), Afonso Bevilaqua, disse hoje que trabalha com a hipótese de crescimento de 4,4% das exportações em 2004. Com a variação, o valor das exportações subiria dos US$ 68,5 bilhões estimados para 2003 para US$ 71,5 bilhões. As importações, em contrapartida, podem ter um incremento de 14,6%, saltando de US$ 48 bilhões deste ano para US$ 55bilhões. "A retomada da atividade econômica é um dos fatores que explicam este crescimento da nossa projeção de importações", disse. Ele, no entanto, não quis informar qual a estimativa de crescimento do PIB usada no cálculo da estimativa de importações para 2004. "Esta projeção de crescimento do PIB só será divulgada no Relatório de Inflação de dezembro próximo", disse. O superávit da balança comercial em 2004, em função destes fatores, deverá ficar em US$ 16,5 bilhões, contra a estimativa de US$ 20,5 bilhões de superávit para 2003. Para o corrente ano, o BC trabalha com uma expectativa de crescimento de 13,5% das exportações e de 1,7% das importações. O bom desempenho das exportações em 2003, segundo Bevilaqua, pode ser explicado pelo desempenho do setor agropecuário, pelo comportamento do câmbio real, pelo fechamento de acordos comerciais bilaterais e pela realização de negócios com parceiros não tradicionais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.