Exportações do agronegócio caem 9,8% em 2009

As exportações do agronegócio em 2009 apresentaram uma queda em volume de 0,4% em relação ao ano anterior, segundo dados divulgados hoje pelo Ministério da Agricultura. A queda foi ainda maior em receita: de 9,8% na comparação com 2008, alcançando US$ 64,7 bilhões em 2009. As importações de produtos agropecuárias diminuíram 16,9% no ano passado, com despesas de US$ 9,8 bilhões contra US$ 11,8 bilhões em 2008. O superávit da balança do setor ficou em US$ 54,9 bilhões.

GERUSA MARQUES, Agencia Estado

08 Janeiro 2010 | 17h31

O resultado de dezembro das exportações do agronegócio, segundo o ministério, é o melhor da série histórica para o mês. Em receita, as vendas totalizaram US$ 4,981 bilhões, o que representou um crescimento de 4,4% em relação a dezembro de 2008. As importações foram de US$ 1,005 bilhão, o que significa uma elevação de 13,2% sobre dezembro de 2008. O superávit da balança no último mês de 2009 foi de US$ 3,975 bilhões.

No ano passado, a soja continuou liderando o ranking das exportações do agronegócio, com 26% do total. Em seguida, vem o setor de carnes, com 18% das vendas externas e os produtos do setor sucroalcooleiro, com 15%. Em dezembro, o destaque das vendas foram as carnes, com aumento de 22,8% na receita ante o mesmo mês de 2008. Foi o segundo mês consecutivo em que as exportações de carne apresentaram crescimento, informou o ministério.

Em 2009, a Ásia e o Oriente Médio foram os grandes importadores de produtos agropecuários do Brasil. De acordo com o ministério, o aumento das vendas para os países asiáticos foi de 16,7% e o bloco já responde por 30,4% das exportações totais do setor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.