Exportadores aguardam medidas do novo presidente

Empresários do setor exportador nãoparecem temer um eventual governo do PT na Presidência daRepública, mas aguardam quais medidas serão de fato tomadas paraestimular o comércio exterior do País. Apesar de avaliarem que ocandidato José Serra é mais experiente, admitem que Luiz InácioLula da Silva se cercará de uma equipe para tratar do assunto. "Medo, não há. Existe uma expectativa de como suaequipe apresentará qual vai ser o programa. Está tudo escrito.Agora é tomar ciência e ver como aquilo vai ser executadorealmente", disse o presidente da Associação de ComércioExterior do Brasil (AEB), Benedicto Moreira. "Não tenho medo.Todos sabem que o Brasil precisa continuar exportando", disse opresidente do conselho de administração da CoimexPar, OtacílioJosé Coser. A empresa controla uma das maiores tradings do País,a Coimex. Perguntado sobre qual da duas candidaturas seriapreferida para o setor, Coser limitou-se a responder que "oBrasil é maior que eles todos". O presidente da AEB também não explicitou qual candidatoseria melhor para o setor exportador, mas marcou diferençasentre os dois candidatos. "O Serra é um cara experiente,conhece o métier, está na cabeça dele o que tem de fazer. Ele éprofissional do setor. O candidato Lula tem qualidades, mas énovo no setor. Então, sua equipe vai ter de formular as posturasde comércio exterior". Moreira avalia que os dois candidatos têm a exata noçãoda importância do comércio exterior para o País. Ele disse queneste setor "não tem amador" e "nem nenhum ingênuo" e disseque o governo tem de dar retarguada em questões como tecnologia,financiamento às exportações, logística e redução de entravesburocráticos. "Se o próximo governo fizer estas coisas, o restoos empresários sabem fazer", afirmou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.