Exportadores pedem isenção de vistoria para anular greve

A Associação de Comércio Exterior do Brasil (AEB) enviou ofício ao secretário da Receita, José Antônio Rachid, solicitando a permissão de embarque de mercadorias sem vistoria enquanto durar o protesto dos auditores da Receita Federal. O sindicato dos fiscais da Receita promete paralisar as aduanas de todo o País no dias 11 e 12 de junho, em apoio ao movimento contra a reforma da previdência."No ano passado, os auditores paralisaram os serviços aduaneiros durante todo o mês de junho e parte de julho. Empresas exportadoras tiveram de cancelar contratos e algumas perderam clientes que não conseguiram recuperar depois", diz o secretário-executivo da AEB, José Augusto de Castro. No ano passado, afirma Castro, a liberação da vistoria chegou a ser utilizada para alguns produtos, especialmente minério de ferro e soja.O presidente da AEB, Benedicto Moreira, alerta também para o prejuízo de imagem para o Brasil no comércio internacional. "Além da perda cambial, teremos perda de credibilidade do País, no momento em que o presidente da República se empenha pessoalmente em criar imagem positiva externa", diz.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.