Fábrica da Peugeot não terá folga no fim do ano

A PSA Peugeot Citroën informou hoje que pela primeira vez desde que iniciou a produção de veículos no Brasil, em 2001, não vai suspender as atividades da sua fábrica de Porto Real (RJ) nas últimas semanas de dezembro. A empresa informa, em nota, que decidiu adiar as férias coletivas para atender à grande demanda dos consumidores.A empresa destaca que a medida foi tomada mesmo com o início do terceiro turno na unidade industrial no dia 3 de dezembro. Segundo o comunicado, a decisão de adiar as férias coletivas do fim de dezembro não vai prejudicar os funcionários, que terão férias em períodos de janeiro e fevereiro.Com 115.057 carros de passeio e comerciais leves vendidos de janeiro a novembro de 2007 no Brasil, a montadora registrou um crescimento de 34,1% em comparação ao mesmo período de 2006. A montadora ocupa a quinta posição entre as maiores fabricantes do Brasil e a primeira entre as "newcomers" (como são chamadas as montadoras instaladas no País a partir dos anos 90)."Nosso objetivo é manter um ritmo forte de crescimento no Brasil e no Mercosul nos próximos anos. Para isso, vamos investir no aumento da capacidade de produção no Brasil e na Argentina e no lançamento de 12 novos modelos produzidos na região até 2010", afirma, na nota, o diretor-geral Brasil e Mercosul da PSA Peugeot Citroën, Vincent Rambaud. O grupo programa investimentos de US$ 500 milhões no Mercosul até 2010.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.