Divulgação/Volkswagen
Divulgação/Volkswagen

Fábrica da Volkswagen em Taubaté suspenderá PSE até o fim do ano

Unidade possui 4 mil empregados e dois terços deles estava com jornada e salários reduzidos

O Estado de S.Paulo

11 Julho 2017 | 12h26

A partir do mês de agosto, a fábrica de Taubaté da Volkswagen suspenderá até o final do ano a utilização do PSE (Programa Seguro Emprego). A unidade possui 4 mil empregados e dois terços deles estavam com jornada e salários reduzidos. A medida, que visa a proteção dos empregos, reduziu em 25% a jornada semanal de trabalho na unidade e em 12,5% os salários. 

Com a transferência da produção do modelo Gol do ABC Paulista para aquela unidade, além dos modelos up! e Voyage, a montadora espera que a produção na unidade registre aumento de produção em relação a 2016.

"As expectativas para o mercado como um todo estão melhores. Olhando para os resultados de maio e junho a expectativa para o ano de 2017 cresceu, de 1 a 2 pontos percentuais em relação a expectativa que tínhamos no início deste ano. Esperamos que a evolução nas vendas em 2017 seja de 4 a 5% em relação a 2016. Já para 2018, esperamos um crescimento de 5 a 8% na comparação com 2017. Durante o ano de 2017, em relação a 2016 vamos reduzir sim a nossa ociosidade. Ainda não é possível saber o percentual de forma precisa", afirma David Powels, Presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul.

Gol é o número 1 em envios para os outros países e fundamental para a liderança da Volkswagen na Argentina, por exemplo. De janeiro a junho de 2017, aproximadamente 42 mil unidades do modelo foram exportadas, registrando um aumento de 98% em relação ao mesmo período de 2016.

Já a fábrica Anchieta, que deixa de produzir o Gol para dar a exclusividade a Taubaté, passará a produzir dois novos modelos da plataforma MQB: o Polo, que chega ao mercado no último trimestre do ano, e o Virtus, previsto para o primeiro semestre de 2018. A Saveiro, que é o terceiro veículo mais exportado da Volkswagen, continuará a ser produzida na unidade de São Bernardo do Campo.

Mais conteúdo sobre:
Volkswagen

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.