Ações

Empresas de Eike disparam na bolsa após fim de recuperação judicial da OSX

Facebook recebe mais ''visitas'' que o Google

Rede social ultrapassa o mecanismo de busca como site mais popular dos Estados Unidos

, O Estado de S.Paulo

31 de dezembro de 2010 | 00h00

O Facebook ultrapassou o Google pela primeira vez como o site mais visitado nos Estados Unidos em 2010. O título coroa um período de rápido crescimento do Facebook.

Em seis anos, a rede social atingiu 500 milhões de usuários em todo o mundo. Seu fundador, Mark Zuckerberg, também foi escolhido como Personalidade do Ano pela revista Time no ano passado.

O Facebook superou o Google, abocanhando 8,9% de todas as visitas a páginas da internet nos Estados Unidos entre janeiro e novembro de 2010. O Google ficou em segundo lugar com 7,2% de todas as visitas, de acordo com o serviço de medição online Experian Hitwise.

De acordo com os analistas, mais do que uma troca de postos, a liderança do Facebook é um exemplo de uma mudança mais profunda que está em curso: a maneira como os americanos têm acesso a notícias e como interagem entre si.

Por causa disso, o Facebook evoluiu de um veículo em que as pessoas dividiam fotos de aniversário e reencontravam amigos de colégio para se tornar um "universo" no qual as pessoas podem assistir filmes ou solicitar recomendações de restaurante.

O Google dominou o primeiro lugar como site mais visitado nos Estados Unidos em 2008 e 2009. A rede social MySpace, da News Corp, foi o site mais visitado no mercado americano em 2007 e ficou em sétimo lugar no último levantamento.

Vale ressaltar, no entanto, que, quando todas as propriedades da empresa são consideradas, incluindo o YouTube e os serviço de e-mail, o Google ainda é o mais visitado com 9,9% de janeiro a novembro de 2010. Nesse cálculo, o Facebook vem na sequência, com os mesmos 8,9% O Yahoo e todas suas propriedades aparece em terceiro, com 8,1%. / AGÊNCIAS INTERNACIONAIS

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.