Falências de bancos nos EUA atingirão pico em 2010

A presidente da Federal Deposit Insurance Corp (Fdic), Sheila Bair, disse hoje que mais bancos devem fechar no país. "Nós obviamente temos muitos outros bancos que vão fechar este ano e no próximo", afirmou Sheila. Ela acrescentou que o colapso dos bancos "vai atingir o pico no próximo ano e, então, ceder". A Fdic é a agência que garante os depósitos bancários nos EUA.

REGINA CARDEAL, Agencia Estado

10 de novembro de 2009 | 18h37

Sheila participou hoje de um evento no Institute of International Bankers, em Nova York. Em 2009, na esteira da crise financeira, os reguladores bancários fecharam mais de 100 bancos, um número bem maior que o registrado em anos anteriores.

A presidente da Fdic afirmou ainda que está decepcionada com o estado do crédito bancário, afirmando que "nenhuma das grandes instituições está fazendo um bom trabalho na área de empréstimos no momento". Mas ela admitiu que os bancos dos EUA estão sob estresse e podem precisar de um empurrão do governo para emprestar mais.

Sheila disse que acredita que a legislação sobre o setor financeiro, a ser discutida no Congresso, será refinada para eliminar a ajuda do governo a bancos perto do colapso e para evitar que os EUA assumam posições nas instituições. Segundo ela, a legislação proposta pelo deputado democrata Barney Frank sobre o tratamento de bancos considerados muito grandes para falir será fortalecida "para que firmas que fracassam sejam fechadas". As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
crisebancosfalênciasEstados Unidos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.